logo RCN

É isso aí...

Não teria outra forma de começar a coluna desta edição, a não ser escrevendo, infelizmente,

sobre a tragédia que aconteceu na última terça-feira, quando o avião que levava a equipe da Chapecoense para a Colômbia, acabou caindo, e com isso levando a vida de 71 pessoas, entre eles jogadores, membros da comissão técnica, jornalistas, tripulação e convidados para assistirem ao jogo da Chapecoense. Escaparam com vida o zagueiro Neto, o lateral Alan Ruschel e o goleiro Follmann, o jornalista Rafael Henzel e dois integrantes da tripulação: Ximena Suárez e Erwin Tumiri. O goleiro Danilo chegou a ser resgatado com vida, mas não resistiu. Inicialmente, as autoridades informaram que eram 75 mortos, mas quatro pessoas não chegaram a embarcar. Foram tantas informações e reportagens especiais que chegaram até nós durante as horas após o acidente, informações que chocavam pela gravidade da situação, informações que mostravam o desespero de familiares e amigos.

Para realizar uma reportagem para o Folha Regional eu entrei em contato com um radialista da Sonora FM de Chapecó, Ubiratan Belló, popularmente conhecido como Bira. Confesso que ver, ouvir no rádio, a sensação é de tristeza, mas escutar um colega de trabalho relatar por telefone o sentimento do povo de Chapecó, a sensação passou a ser de dor. "Eles não eram apenas atletas, eram filhos, pais, namorados, maridos, amigos, não tem como mesurar a dor dessa gente", ressaltou Bira.

Homenagem

Diversas foram as homenagens pelo Brasil e até mesmo fora do país. Aqui em Jaguaruna várias pessoas prestaram homenagens nas redes sociais. A Caixa Economia Federal de Jaguaruna também prestou uma singela homenagem. Um cartaz na porta da agência expressava o pesar pela perda e exaltava a luta dos atletas na competição.

Dia Mundial de Luta contra a AIDS

1º de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a AIDS, neste ano o slogan: AIDS CONHECER É CUIDAR. Neste ano em comemoração a esta data alusiva, a unidade de saúde central de Jaguaruna estará realizando teste rápido para as pessoas que tiverem interesse, distribuição de material educativo e distribuição de insumos de prevenção (camisinha masculina, feminina e gel lubrificante). O horário para essa ação começas a partir das 8h até as 17h. Participe, prevenção é sempre a melhor opção!

Encerramento

Na última segunda-feira os alunos da escola Dalcy Ávila tiveram um dia de aula diferente, foi a festa de encerramento das atividades do ano letivo para a garotada do pré-escolar até o 5º ano. E não faltaram opções para a diversão e, claro, muitas guloseimas. Foi dia também das revelações de amigo secreto em várias turmas. Parabéns a essa garotada que completou mais um ano letivo, parabéns também aos professores responsáveis por acompanhar os primeiros passos na vida escolar.

Novas carteiras

A escola Dalcy Ávila foi contemplada com a vinda de novas carteiras, ao total foram recebidas 125 carteiras que vieram através da Secretaria de Educação do município. As novas carteiras estão no padrão correto para alunos acima do 5º ano. "As carteiras vermelhas, a que temos atualmente, são no tamanho para alunos até o 5º ano, as novas são maiores, próprias para os alunos que vão do 6º ao 9º ano", destacou a diretora da escola Edna Garcia Pacheco.

Agenda

Ainda sobre a escola Dalcy Ávila, o encerramento das atividades escolares para quem não precisou fazer prova de recuperação foi ontem, dia 30. A formatura do pré-escolar também aconteceu ontem à noite na própria escola. A formatura dos alunos do Proerd acontece no dia 09 de janeiro, na sede do Clube 1º de Janeiro. A formatura das duas turmas do 9º ano será realizada no dia 15 de dezembro, também no Clube 1º de Janeiro.

Vergonha

Estamos encerrando o ano, estamos encerrando mais uma gestão municipal e, infelizmente, a creche do bairro Beija-flor encontra-se em completo abandono. Eu sei que muitos foram os entraves, mas em minha opinião, faltou competência de ambos os prefeitos, Inimar e Luiz, para fazer com que a situação realmente fosse resolvida. É inadmissível que o dinheiro do cidadão seja jogado no lixo dessa forma, pois meus caros leitores, o dinheiro ali investido é meu, é seu. Falta consciência política desse pessoal que se mete a querer administrar uma cidade. Cada vez que vou até o local onde está a creche, a indignação só cresce. Foram tantas coisas erradas naquela obra, que só assina o atestado de incompetência quem administrou e administra a nossa cidade. A começar pelo terreno onde foi construída a creche. Um verdadeiro banhado, que precisou gastar uma grana alta para fazer o aterro. A bem da verdade não tenho expectativa alguma em relação aquela obra. Infelizmente tenho minhas dúvidas de que será concluída nos próximos anos, espero estar enganada, mas é que as decepções são tantas, que a esperança em relação a administração pública não existe mais.

 

Anterior

É isso aí...

Próximo

É isso aí...

Deixe seu comentário