logo RCN

É Isso aí...

Faltando 10 dias para a população ir até as urnas, a campanha fica cada dia mais acirrada e os nervos a flor da pele. Infelizmente não são poucas as pessoas que perdem o bom senso.

Esquecem que daqui a pouco as eleições acabam e veremos opositores de mãos dadas, pois é assim que se governa uma cidade. No entanto, as famílias, amigos que brigaram durante a eleição, vão guardar estas rusgas por muito tempo, infelizmente.

Pesquisas

Incrível, em Jaguaruna as pesquisas feitas pelas coligações nunca são colocadas a público. Fica sempre na obscuridade, enquanto isso os peões ficam propagando que fulano ou ciclano está na frente, ninguém consegue saber quão verdadeiras são, fica apenas aquele fuxico. Quando alguém me pergunta eu respondo que a melhor pesquisa é a do dia, aquela da urna, essa não falha!

Estrago

Uma pena que uma empresa como a SETEP, que durante muito tempo era considerada exemplar, fez um serviço tão fuleiro em relação às obras de saneamento. Não posso nem comentar como ficou a obra por baixo da terra, mas pelas ruas onde passou posso afirmar que o serviço de arrumar as estradas ficou uma vergonha. Não só isso, em alguns lugares ela foi responsável por quebrar calçadas e não teve a decência de arrumar. Na foto acima a calçada na rua São Manoel está parcialmente quebrada, na época os moradores reclamaram, mas a empresa nunca se posicionou sobre o assunto e até hoje o estrago continua, a diferença é que o mato começa a crescer em meio às rachaduras feitas pelo caminhão da empresa. Vergonha!

Mais uma vez...

Está chato falar disso, mas a novela da Ponte de Congonhas, entre Tubarão e Jaguaruna, teve mais um capítulo na última sexta-feira, quando na abertura dos envelopes para conhecer a empresa que vai realizar a obra da construção das cabeceiras, duas das empresas que participam da licitação, Setep e a Engeton, entraram com recursos. As mesmas questionaram a planilha orçamentária apresentada por cada participante. A previsão agora é que no próximo dia 26, a empresa vencedora seja conhecida, isso claro, se não acontecer mais algum entrave!

Greve dos bancários

A greve dos bancários completa duas semanas sem que os trabalhadores e os bancos tenham chegado a um acordo. A informação que se tem é que a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) decidiu pela continuidade da paralisação. Segundo balanço da entidade, a greve fechou mais da metade das agências do país. De acordo com dados do comando dos grevistas, 12.608 agências e 49 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas. Em Santa Catarina, as adesões de trabalhadores e o fechamento de agências não param de crescer. Até agora, só na Grande Florianópolis, das 150 agências, ao menos 115 estão fechadas. Em Jaguaruna, as agências da Caixa, Banco do Brasil e Bradesco estão fechadas, funcionando apenas os caixas eletrônicos. A Cooperativa de Crédito Rural de Jaguaruna, Cresol, continua atendendo normalmente.  Os trabalhadores reivindicam reposição da inflação mais 5% de aumento real.

 

Anterior

É isso aí

Próximo

Fim do prazo

Deixe seu comentário