logo RCN

Fechamento do diastema

A FRENECTOMIA PODE TRATAR O ESPAÇO ENTRE OS DENTES?

Pode ser corrigido sim, mas o tratamento do diastema vai depender da fase de desenvolvimento da oclusão dental. Na criança que ainda possui dentes de leite, é desejável que haja a presença de diastemas generalizados, pois com isso há melhores chances de proporcionar espaço suficiente para o alinhamento dos dentes permanentes.

No caso da dentição mista, o fechamento ou não depende de outros fatores: estágio de desenvolvimento dos incisivos, presença e severidade da má oclusão. Já nos dentes permanentes, há diferentes formas de corrigir o diastema:

- Tratamento ortodôntico: promove o fechamento respeitando a biologia do periodonto, associado à correção de desarmonias oclusais.

- Reanatomização dentária: procedimento estético restaurador possível de ser realizado quando o tamanho dos dentes é menor para ocupar o espaço.

- Frenectomia: intervenção cirúrgica realizada quando o freio do lábio superior está inserido na região da papila interincisiva e que provoca a abertura do espaço devido ao tracionamento das fibras do freio, podendo ocasionar outras consequências como a retração gengival, alteração da fonação, restrição dos movimentos labiais, prejuízo da estética do sorriso.


Como é feita a frenectomia?

A frenectomia é um procedimento cirúrgico que remove o freio labial, freio lingual ou bridas. Ela é recorrida quando estas estruturas provocam prejuízos às funções e à estética do sorriso, desconforto ao paciente, dificuldade de reabilitação protética e a movimentação incorreta da língua. Além disso, a remoção também tem a finalidade de permitir a movimentação ortodôntica.

Há diferentes formas de realizar esse procedimento: Com o uso de um bisturi manual, bisturi elétrico (eletrocautério) ou o laser odontológico. Na técnica convencional, com o uso de bisturi, primeiro deve-se realizar a antissepsia extraoral e intraoral, anestesia tópica seguida da anestesia infiltrativa, remoção cirúrgica do freio e sutura no local. Uma das vantagens da frenectomia realizada com laser é a hemostasia instantânea, que facilita a cicatrização tecidual e recuperação do paciente.

Cuidados que o paciente precisa seguir após fazer a frenectomia

Os cuidados pós-operatórios envolvem a prescrição de analgésico e anti-inflamatório para controlar a dor e o inchaço, além de algumas medidas locais, como:

- Higiene bucal adequada, com o uso do fio dental e escovação;

- Nos primeiros dois dias manter uma alimentação fria ou gelada;

- Evitar alimentos duros para não traumatizar o local;

- Não ingerir bebidas e/ou alimentos quentes;

- Repouso;

- Fazer bochecho com solução antisséptica.

Anterior

Quanto mais espuma o creme dental fizer, melhor será a limpeza dos dentes?

Próximo

Gosto ruim na boca depois de escovar os dentes é normal?

Deixe seu comentário