logo RCN

Minha gengiva sangra quando uso fio dental: devo parar?

O uso do fio dental é uma das etapas mais importantes na rotina de higiene bucal. O item auxilia na remoção da placa bacteriana e restos de alimentos que a escova não alcança, potencializando a limpeza e prevenindo uma série de problemas na cavidade oral. No entanto, algumas pessoas ficam com a gengiva sangrando após passar o fio dental.

Quando isso acontece, é importante ficar alerta. A condição pode ser um sinal de algum machucado ou inflamação nos tecidos gengivais. Mas será que é preciso parar de usar o fio dental para acabar com o sangramento?

Sangramento pode indicar falta de cuidado com a higiene bucal

A gengiva sangrando pelo uso do fio dental não é normal. O sangramento é um dos principais sintomas de gengivite, uma inflamação no tecido gengival causada pelo acúmulo de placa bacteriana. Quando a gengiva sangra, ela está nos alertando que tem uma inflamação no local. Pode ser pontual, em um dente só, ou pode ser generalizada, na boca toda. O quadro está relacionado à higiene bucal inadequada, que favorece a formação de placa e tártaro. Por isso, o uso do fio dental é indispensável e não pode ser interrompido em momento nenhum. Normalmente, o paciente tem um pensamento errado quando passa o fio dental e a gengiva sangra. Na cabeça dele, está machucando a gengiva. Esse pensamento não pode existir.

Gengivite não tratada pode causar perda dentária

Se você tem uma gengivite que está sangrando e não trata, ela vai evoluir para uma doença periodontal, que vai chegar no ligamento periodontal no osso. Então você começa a ter uma sensibilidade, uma mobilidade nos dentes, e vai perder esse elemento. Quando o paciente tem um sangramento na gengiva, ele precisa procurar um profissional para saber se esse sangramento é por conta dessa gengivite ou se passou o fio dental com mais força e acabou machucando a gengiva. Então, não pode interromper a escovação e nem o uso de fio dental, em hipótese nenhuma.

Como evitar o sangramento na gengiva após passar o fio dental?

O segredo para não ficar com a gengiva sangrando após o fio dental é saber como usá-lo da maneira correta. Procure passar o fio com delicadeza, deslizando para cima e para baixo entre os dentes cuidadosamente. Não se esqueça de repetir o ritual a cada escovação. Algumas pessoas usam o fio uma vez por dia ou quando ficam incomodadas com algum resto de comida preso nos dentes. O hábito é errado e contribui para o acúmulo de placa bacteriana e tártaro. A melhor maneira de evitar uma doença periodontal e um sangramento na gengiva é a higiene bucal.

Além de reforçar os cuidados com a higiene diária, recomendo fazer visitas periódicas ao dentista. Se você escovar os dentes após todas as refeições, passar o fio dental e ir ao dentista a cada três meses para fazer uma limpeza, uma profilaxia profissional, você não vai ter doença periodontal nem gengivite.

Anterior

Cárie: por que, mesmo escovando bem os dentes, algumas pessoas desenvolvem a doença?

Próximo

10 alimentos que ajudam na sua saúde bucal

Deixe seu comentário