Segunda-feira, 24 de junho de 2024
Tubarão
19 °C
12 °C
Fechar [x]
Tubarão
19 °C
12 °C

COLUNISTAS

Homicídios em Jaguaruna

18/06/2024 21h40 | Atualizada em 18/06/2024 21h40 | Por: Samuel Woyciekowski

A segurança pública de Jaguaruna está em estado crítico neste ano, com o registro do quarto homicídio nesta semana. Um taxista de Caxias do Sul, identificado como João Vieira da Silva, de 64 anos, foi encontrado morto na Estrada Geral de Campo Bom. Esses dados certamente irão chamar a atenção da Segurança Pública do Estado de Santa Catarina para o município, já que o número de homicídios ultrapassou a média dos municípios com a mesma quantidade de moradores de Jaguaruna. 

Guarda Municipal 

Esta semana, observei o trabalho da Guarda Municipal de Capivari de Baixo, um município com 53,165 km², localizado muito próximo de Tubarão, onde há um ostensivo movimento da Polícia Militar. Em contraste, Jaguaruna, com 326,362 km², conta apenas com a Polícia Militar para cuidar de todo o território. Considerando que possuímos um aeroporto, uma grande quantidade de casas e veranistas que, na alta temporada, chegam a mais de 100 mil habitantes, vindos de diversas partes do Estado e até de fora dele, precisamos urgentemente de mais segurança e mais policiamento. Caso contrário, Jaguaruna se tornará uma referência negativa em nossa região.   

Envenenamentos     

Em Morro da Fumaça, voluntários ligados à causa animal estão se mobilizando para cobrar ações das lideranças políticas e do Poder Público em busca de uma solução para os envenenamentos de animais que vêm ocorrendo com frequência. Até o momento, 15 gatos e seis cães de rua, cuidados pela comunidade voluntária, foram envenenados. O ocorrido causou revolta nos moradores que já buscaram ajuda do Ministério Público, levando nomes de suspeitos denunciados pela própria comunidade. Além disso, foi oferecida uma recompensa de R$ 2.500 por informações concretas sobre quem está envenenando os animais. 

Baleia encalhada

Mais uma baleia encalhou em Jaguaruna, e mais uma vez enfrentamos uma burocracia prolongada para o resgate. A baleia foi descoberta encalhada no início da manhã de quinta-feira, 13 de junho, e ficou agonizando até sábado, 15 de junho, enquanto diversos voluntários anotavam informações em suas pranchetas e faziam pesquisas. Na verdade, o tempo que fiquei lá, vi muitas conversas e pouca ação para o resgate da baleia. Publiquei um vídeo nas minhas redes sociais mostrando como no Rio de Janeiro conseguiram resgatar uma baleia que estava totalmente na orla e a levaram de volta para o alto-mar com um trator esteira grande, possibilitando que ela retornasse ao seu habitat natural. Mostrei o vídeo para alguns membros das ONGs lá presentes. Não deram muita bola.

Mortes de baleias

Algo está errado nos protocolos utilizados para o resgate de baleias em nosso litoral. Não me lembro de ter visto até hoje uma notícia sobre o desencalhe bem-sucedido de alguma delas. Em uma breve pesquisa na internet, é fácil encontrar notícias relacionadas às mortes de baleias em nossa região. Uma reportagem do Estadão traz um dado alarmante de 2021: mais de 80 baleias morreram em menos de dois meses, apenas no litoral de São Paulo e Santa Catarina.

PL de Jaguaruna

11/06/2024 21h13 | Atualizada em 11/06/2024 21h13 | Por: Samuel Woyciekowski

Está ocorrendo uma pesquisa de campo em Jaguaruna para determinar os candidatos do Partido Libertal no município. Aline Vieira, Claudionor dos Santos, Júlio Marques e Rubens Pereira são os nomes considerados para representar o partido na possível corrida majoritária. O partido do ex-presidente Jair Bolsonaro anunciou que terá candidatos na disputa majoritária em todos os municípios de Santa Catarina. Lembro-me de 2015, quando Jorginho Mello, então presidente da sigla e deputado federal, lutava para solidificar o partido nos municípios e não encontrava apoio. Hoje, a disputa é acirrada na maioria dos municípios para determinar quem tem o controle dentro da sigla. 

PSD 

PSD decidiu também através de pesquisa em Jaguaruna quem embarca com Agnaldo Serafim (MDB) nas eleições majoritárias deste ano. A composição da última eleição irá se repetir, com Ailton Silva como pré-candidato a vice-prefeito com o MDB. A composição fez 3.247 votos no município. Foi a terceira mais votada.   

Além do Centro     

Em Jaguaruna, a maioria dos candidatos se concentra em pesquisas e campanhas no Centro da cidade, onde há mais de 4 mil eleitores registrados. No entanto, é importante observar que há um significativo número de eleitores nas comunidades do interior e nas regiões litorâneas. Atualmente, o total de eleitores em Jaguaruna é de 16.174, distribuídos por além do Centro, em outros 18 locais de votação. Vale ressaltar que foi com esses votos “pingados” que o atual prefeito, Laerte Silva, foi eleito em uma eleição atípica, que contava com cinco candidatos. Esse cenário pode se repetir se o atual prefeito for à reeleição e partidos como MDB, PL, PP e PT lançarem candidatos para a corrida majoritária. 

Filiados

O Tribunal Eleitoral disponibiliza em seu site o número de filiados aos partidos políticos do Brasil. Realizei uma análise dos cinco partidos com maior número de filiados neste ano, comparando com o mesmo período em 2020. Em 2024, os números de filiação partidária em Jaguaruna demonstram o MDB com 798 filiados, seguido pelo PP com 773. O crescimento do PL, de 54 para 572 membros, é notável, enquanto o PSDB registra uma queda de 325 para 267. O União Brasil (antigo PSL e DEM) também apresentou redução após a fusão, passando de 332 para 257. Esses dados evidenciam mudanças significativas na força relativa dos partidos. Em comparação com 2020, quando o PP liderava com 855 filiados e o MDB seguia com 814, a ascensão do PL é marcante, assim como a queda do PSDB e do União. As próximas eleições em Jaguaruna serão marcadas por coalizões e estratégias políticas distintas das últimas disputas municipais. Como sempre, ano após ano tudo muda.

Pré-convenção em Jaguaruna

04/06/2024 21h48 | Atualizada em 04/06/2024 21h48 | Por: Samuel Woyciekowski

A pré-convenção do MDB em Jaguaruna, realizada em 31 de maio, marcou Agnaldo Serafim como o pré-candidato a prefeito da cidade. O Partido Social Democrático (PSD) foi escolhido como o partido que fornecerá o vice-prefeito, embora o nome ainda não tenha sido decidido. A definição desses detalhes mostra os primeiros passos rumo às eleições municipais, demonstrando as estratégias políticas em andamento. 

Aeroporto Regional de Jaguaruna 

Há poucos dias um vídeo da comitiva do Palmeiras chegando ao aeroporto de Jaguaruna viralizou destacando um possível mau cheiro. Embora pessoalmente nunca tenha sentido, relatos sugerem que em certas condições e direção do vento isso ocorre. Isso levanta questões sobre problemas ambientais ou de infraestrutura. É vital que as autoridades investiguem e corrijam isso, pois afeta a reputação do aeroporto e da cidade. É essencial transparência e cooperação para resolver esse problema.   

Pesca por emalhe     

O Ministério da Pesca e Aquicultura declara encerrada a temporada de pesca da tainha (Mugil liza) para a modalidade de emalhe anilhado no ano de 2024 devido ao alcance de 90% da cota coletiva da modalidade. Esse tipo de pesca é conhecido como rede de espera, muito utilizada em nossa região. 

Destroços do RS

Recentemente, tive algumas conversas com pescadores artesanais da nossa região e fiquei alarmado com os relatos de danos em suas redes devido à presença de árvores e madeiras, possivelmente vindas do Rio Grande do Sul. É impressionante observar ao longo do litoral a quantidade de árvores inteiras que o mar tem trazido para a costa. Com as ressacas, mais dessas obstruções podem ser levadas para fora, representando um perigo não só para as embarcações, mas também para a vida marinha.

Cuidado com o cão

Os atuais relatos de ataques de cães em Criciúma nos últimos 15 dias são alarmantes e exigem uma análise cuidadosa. O primeiro incidente, amplamente divulgado nas redes sociais, envolveu um cão de grande porte atacando sua própria tutora, uma influencer local. Poucos dias depois, outro cão de grande porte foi avistado solto nas ruas, atacando outros cães e até mesmo pessoas no Centro da cidade. E, lamentavelmente, esta semana testemunhamos uma fatalidade, com a morte de uma pessoa devido ao ataque de três cães de grande porte. Essas três situações distintas destacam a necessidade urgente de discutir e implementar critérios responsáveis para lidar com cães de raças maiores. É essencial que os tutores assumam a responsabilidade adequada ao adquirir e cuidar de um animal de grande porte. A segurança da comunidade deve ser priorizada, e isso requer a conscientização sobre os cuidados e treinamentos necessários para garantir que esses animais sejam membros seguros e bem ajustados da sociedade.

Furtos em Jaguaruna

28/05/2024 22h54 | Atualizada em 28/05/2024 22h55 | Por: Samuel Woyciekowski

Novamente, Jaguaruna está sob os holofotes devido aos furtos que ocorrem durante a baixa temporada, quando a maioria das pessoas não está em casa, especialmente nas áreas litorâneas e durante o inverno. Como morador do Balneário Esplanada, naturalmente estou mais exposto aos comentários da minha comunidade, mas reconheço que outros balneários também enfrentam essas atividades criminosas. Uma medida importante para prevenir furtos como esses é os moradores se unirem e estabelecerem grupos de Redes de Vizinhos e vigilância comunitária. 

Extensão 

A vasta extensão territorial de Jaguaruna, com uma considerável distância entre as bases da Polícia Militar e da Polícia Civil, é uma característica que atrai criminosos de regiões vizinhas, especialmente de Balneário Rincão, Içara e Criciúma. Essas áreas estão sob a jurisdição de outros comandos tanto da Polícia Militar quanto da Polícia Civil, o que às vezes dificulta até mesmo a comunicação entre os próprios policiais.   

Tragédia     

É inegável que uma tragédia está à espreita a qualquer momento, seja por algum morador buscar justiça por conta própria ou por criminosos e ladrões desavergonhados causarem danos sérios a uma família ou pessoa, devido ao seu estado alterado pelo consumo de drogas. Costumo dizer que, se um dia ocorrer tal tragédia, que seja a mãe do delinquente quem derramará as lágrimas mais amargas, e não a de um inocente. 

Voluntários

Quero aqui parabenizar dois amigos meus que participaram ativamente do auxílio às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul e também realizam um trabalho admirável em prol de nossa comunidade em Jaguaruna: o bombeiro voluntário Alício Bitencourt e o surfista de ondas grandes Thiago Jacaré. Alício contribuiu com seu conhecimento em resgates e situações de emergência, enquanto Jacaré, com sua experiência em águas e habilidades no manejo de motos aquáticas, esteve ao lado de surfistas profissionais auxiliando nas operações de busca. Parabéns aos dois amigos que atuaram nessa tragédia. 

Pesca x surfe

Vídeos de conflitos e violência entre surfistas e pescadores começam a circular pela internet, especialmente durante a época em que a pesca da tainha está liberada. Achei louvável a iniciativa dos surfistas e pescadores de Laguna ao promoverem a cooperação e respeitarem o espaço de cada grupo. A temporada da pesca da tainha ocorre até 30 de julho.

Resex não

21/05/2024 19h53 | Atualizada em 21/05/2024 19h53 | Por: Samuel Woyciekowski

A audiência pública que ocorreu na última quarta-feira, 15 de maio, evidenciou a opinião dos moradores, veranistas e frequentadores das regiões litorâneas de Laguna e Jaguaruna, onde se planeja a implantação da Reserva Extrativista Cabo de Santa Marta. “Resex não” foi o clamor uníssono dos participantes da audiência pública. A participação poderia ter sido ainda maior, não fosse a falta de transporte para alguns interessados. Mesmo assim, o local da reunião, em Laguna, estava lotado. 

APA 

A proposta de criação de uma Resex seria semelhante à já existente Área de Preservação Ambiental (APA) Baleia Franca, ambas sob a gestão e fiscalização do Instituto Chico Mendes (ICMBio).  

Investigação     

A audiência pública recentemente realizada trouxe à tona um ponto crucial que merece a atenção do Ministério Público Federal. De acordo com relatos de moradores locais e presidentes de associações de pesca da região, a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) Baleia Franca foi citada como exemplo de iniciativa mal executada. Os relatos sugerem que os moradores foram enganados, coagidos e até ameaçados para assinarem o documento de criação da APA Baleia Franca. Um dos depoimentos afirma que até mesmo assinaturas de crianças foram registradas. Além disso, foi mencionado que as reuniões e audiências eram realizadas a portas fechadas. Outro depoimento revelou a existência de um pequeno grupo político que supostamente se beneficiou com a criação dessa Área de Preservação. Essas são alegações graves que exigem a atenção do Ministério Público. 

Novos olhares

Diante da situação das enchentes que afetam nossos amigos gaúchos, muitos voos estão sendo redirecionados para o aeroporto de Jaguaruna. Essa circunstância acaba atraindo novos olhares para a cidade. Acredito que a proximidade do sul de SC com o povo gaúcho possa atrair novos residentes para a nossa região. Por um lado, as pessoas que utilizam o aeroporto acabam despertando curiosidade sobre a cidade. Por outro lado, entre os atingidos pelas enchentes muitos irão migrar para outras regiões e não desejam retornar às suas antigas residências. Isso é uma realidade.

Culturas

As culturas e raízes dos catarinenses e gaúchos se entrelaçam, desde a Revolução Farroupilha até os dias atuais, na música, tradições e costumes. Tenho certeza de que a acolhida dos migrantes que aqui chegarão será a melhor possível. Enquanto isso, muitos tentam se reerguer em suas cidades. Nem todos possuem condições financeiras ou psicológicas para deixar suas casas para trás. Portanto, haverá um processo de reconstrução. Não podemos parar de doar e ajudar nosso Estado vizinho.

Folha Regional

Rua José João Constantino Fernandes, 131, São Clemente - Tubarão/SC - CEP: 88706-091

Folha Regional © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia
WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, entendi!