logo RCN

Podemos anuncia incorporação do PSC

Podemos passa a ter a oitava maior bancada na Câmara Federal, com 18 deputados; a bancada no Senado será de 7 parlamentares

O Podemos confirmou a incorporação do Partido Social Cristão (PSC). O anúncio foi feito pela presidente do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), e pelo presidente do PSC, Pastor Everaldo, na terça-feira, dia 22.

Em nota conjunta divulgada à imprensa, os partidos afirmam que “o novo conjunto de forças nasce comprometido com o Estado Democrático de Direito”.

Com a incorporação, o Podemos contará com uma bancada de 18 deputados na próxima legislatura, a oitava maior da Câmara, à frente de PDT, PSB e PSDB. No Senado, a bancada será de 7 parlamentares. Serão 48 deputados estaduais, 198 prefeitos e 3.045 vereadores em todo o País.

“A união de Podemos e PSC é a união de princípios e valores. Uma união que começou em 2018, com Alvaro Dias, candidato a presidente, e Paulo Rabello, vice. Uma união que hoje se consolida de forma mais efetiva, numa proposta aprovada de forma unânime por todos os representantes de ambos os partidos”, comemorou a presidente do Podemos, Renata Abreu.

Confira abaixo o comunicado oficial

"Podemos e Partido Social Cristão (PSC) decidem se unir em uma só legenda. O novo conjunto de forças nasce comprometido com o Estado Democrático de Direito, o fortalecimento do pacto federativo, a harmonia entre os poderes, o desenvolvimento econômico voltado à inclusão social, com responsabilidade fiscal e respeito ao meio-ambiente, e com todos os valores éticos e morais, enfim, que historicamente conformam o comportamento do povo brasileiro.

Com a junção, o Podemos passa a ter a oitava maior bancada na Câmara Federal, com 18 deputados. Para 2023, a bancada no Senado será de 7 parlamentares. Serão 48 deputados estaduais, 198 prefeitos e 3.045 vereadores em todo o País."

Moraes nega pedido do PL e condena coligação de Bolsonaro a pagar multa de R$ 22,9 milhões Anterior

Moraes nega pedido do PL e condena coligação de Bolsonaro a pagar multa de R$ 22,9 milhões

Tribunal de Contas do Estado recomenda aprovação das contas do prefeito de Tubarão Próximo

Tribunal de Contas do Estado recomenda aprovação das contas do prefeito de Tubarão

Deixe seu comentário