logo RCN

Tubarão recebe R$ 15 milhões do governo do Estado para ações de recuperação da enchente

Uma das ações será a construção de casas para cerca de 50 famílias que tiveram as residências totalmente destruídas ou condenadas pela enchente

  • Lysiê Santos/Folha Regional -

Tubarão recebeu, nesta quarta-feira, dia 22, R$ 15 milhões do governo do Estado para viabilizar ações de recuperação da enchente ocorrida no último mês. O ato de formalização do repasse dos recursos aconteceu no Salão Nobre da Unisul, no qual mais oito municípios atingidos por alagamentos foram contemplados.

Os R$ 15 milhões serão aplicados, em três lotes de R$ 5 milhões, na construção de casas para cerca de 50 famílias que tiveram as residências totalmente destruídas ou condenadas pela enchente, no enrocamento de quatro pontos do Rio Tubarão na área Central e na aquisição de três bombas móveis com geradores que poderão ser utilizados em situações de emergência e aquisição de equipamentos para estruturação da Defesa Civil municipal.

Por força da situação de emergência, o repasse dos recursos para o município é feito de maneira ágil, precisando cumprir apenas algumas formalidades burocráticas. No caso da construção de casas para as famílias que perderam tudo, a prefeitura tem uma lista de terrenos institucionais destinados para a obra e a licitação será lançada em breve.

“São recursos extremamente importantes que gostaríamos que viessem para outros investimentos, mas que bom que o Governo do Estado tem sensibilidade para nos atender em tão pouco tempo, pouco mais de um mês depois da enchente. Elaboramos o plano de trabalho rapidamente e o Estado prontamente agiu para nos ajudar”, ressaltou o prefeito Joares Ponticelli.

A recuperação do trecho da SC-390, que desmoronou parcialmente no Km 60, será feita diretamente pela secretaria de Estado da Infraestrutura. O investimento estimado na recomposição de um quilômetro de extensão das margens da rodovia é de R$ 6 milhões.
“São cerca de R$ 48 milhões para os municípios mais castigados pela enchente de maio. Aqui em Tubarão estive pessoalmente para observar os estragos que foram muito maiores que aqueles que aconteceram na época em fui comandante do Corpo de Bombeiros. A prefeitura aqui agiu rápido, o prefeito Joares Ponticelli tem uma grande equipe técnica, e rapidamente encaminhou tudo para que pudéssemos preparar as ações necessárias para o repasse desses recursos”, disse o governador Carlos Moisés.


R$ 48 milhões

O governo do Estado anunciou na tarde desta quarta-feira, 22, o repasse de R$ 48,2 milhões para nove cidades atingidas pelas chuvas do mês de maio em Santa Catarina. 

Tubarão – R$ 15,2 milhões para enrocamento do Rio Tubarão na região central, construção de moradia para famílias que perderam suas casas e compra de máquinas e equipamentos;

Orleans – R$ 5 milhões para a reconstrução de quatro pontes;

São Ludgero – R$ 5 milhões para pagamento de horas-máquina e compra de combustível da frota municipal;

São Martinho – R$ 4,8 milhões para contenção de encostas;

Lauro Müller – R$ 4,9 milhões para aquisição de retroescavadeira, caminhão-caçamba, trator de esteiras, recuperação de cabeceiras e aquisição de tubos e galerias;

Grão-Pará – R$ 5,5 milhões para reconstrução e recuperação de pontes;

Anitápolis – R$ 5 milhões aquisição de mini escavadeira, veículo 4x4, escavadeira hidráulica, rolo compressos e construção de cabeceira e tablados de pontes;

Iomerê – R$ 980 mil para reforma de pontes e construção de muro de contenção em via pública;

Laurentino – R$ 1,7 milhão para aquisição de escavadeira hidráulica, mini carregadeira, barco a motor e veículo 4x4.

Recomeça SC

Pelo Badesc, o Governo do Estado também lançou uma reedição do programa Recomeça SC para empresas afetadas pelo evento climático do último mês. Serão disponibilizados R$ 65 milhões em linhas de crédito que terão juros parcialmente subsidiados. 

As operações poderão ser de empréstimos entre R$ 20 mil e R$ 200 mil. Há um ano de carência e o pagamento deve ocorrer nos 36 meses seguintes.
“O programa visa o atendimento de micro, pequenas e médias empresas, que foram diretamente afetadas pelas enchentes. Vamos trazer crédito para quem teve a sua capacidade produtiva afetada. 50% dos juros serão pagos pelo Governo do Estado. O dinheiro estará disponível a partir de julho”, explica o diretor-presidente do Badesc, Eduardo Machado.

Guarda municipal encontra menor desaparecido em Tubarão Anterior

Guarda municipal encontra menor desaparecido em Tubarão

Centésima tese defendida em pós de Tubarão aproxima academia da comunidade Próximo

Centésima tese defendida em pós de Tubarão aproxima academia da comunidade

Deixe seu comentário