logo RCN

“É preciso deixar de ver o câncer como sentença de morte”, diz oncologista de Tubarão

Para o oncologista Kelio Silva Pinto, do Centro Médico Unimed, alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sinais e sintomas em suas fases iniciais e detectá-los precocemente traz melhores resultados no tratamento e ajuda a reduzir a mortalidade

Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Mas muitas pessoas, por medo ou desinformação, evitam o assunto e acabam atrasando o diagnóstico. 

 “Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal inevitável e incurável”, argumenta o oncologista Kelio Silva Pinto, do Centro Médico Unimed.

Lembra que, alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sinais e sintomas em suas fases iniciais. Acrescenta que, detectá-los precocemente traz melhores resultados no tratamento e ajuda a reduzir a mortalidade.

O que é câncer de mama? Dr. Kelio responde que é uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Há vários tipos de câncer de mama. 

“Alguns se desenvolvem rapidamente, e outros, não. A maioria dos casos tem boa resposta ao tratamento, principalmente quando diagnosticado e tratado no início. O espectro de anormalidades proliferativas nos lóbulos e ductos da mama inclui hiperplasia, hiperplasia atípica, carcinoma in situ e carcinoma invasivo. Dentre esses últimos, o carcinoma ductal infiltrante é o tipo histológico mais comum e compreende entre 80 e 90% do total de casos” explica o oncologista do Centro Médico Unimed.

Para a investigação, além do exame clínico das mamas, exames de imagem podem ser solicitados, por exemplo, mamografia, ultrassom ou ressonância magnética. No entanto, segundo Dr. Kelio, a confirmação diagnóstica só é feita por meio da biópsia, que consiste na retirada de um fragmento do nódulo ou da lesão suspeita por meio de punções (extração por agulha) ou de uma pequena cirurgia.

Salienta o profissional que, após o diagnóstico e estadiamento da doença, o médico discutirá com a paciente as opções de tratamento. 

“Nesse momento, é importante pesar os benefícios de cada opção terapêutica contra os possíveis riscos e efeitos colaterais. Existem vários tipos de tratamentos para o câncer de mama que dependem do tipo e do estágio da doença”, esclarece.

Quais são os sinais e sintomas do câncer de mama?

• Caroço (nódulo) endurecido, fixo e geralmente indolor. É a principal manifestação da doença, estando presente em mais de 90% dos casos.

• Alterações no bico do peito (mamilo).

• Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço.

• Saída espontânea de líquido de um dos mamilos.

• Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.

Jovem de Morro da Fumaça faz vaquinha para tratamento neural após acidente Anterior

Jovem de Morro da Fumaça faz vaquinha para tratamento neural após acidente

Outubro Rosa: Jaguaruna terá ações de prevenção à saúde da mulher e 1º Pedal Rosa Próximo

Outubro Rosa: Jaguaruna terá ações de prevenção à saúde da mulher e 1º Pedal Rosa

Deixe seu comentário