logo RCN

Menino de 4 anos vence o câncer e toca o sino da vitória ao lado de bombeiro em SC

“Ele é um milagre de Deus”, diz a mãe do pequeno Claudio Gabriel. Há um ano ele enfrenta um tumor maligno no rim

  • Júlio Cavalheiro/Secom/Divulgação/Folha Regional -

Ajoelhada no chão em frente ao sino da vitória, no setor de oncologia do Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, Ivonete Aparecida da Silva, mãe do pequeno Claudio Gabriel da Silva Pires, de quatro anos, não conteve a emoção. Chorou! Mas dessa vez foi de alegria, pelo recomeço de uma nova vida.

Há cerca de um ano, o filho foi acometido pelo tumor de wilms - tumor maligno no rim. De lá para cá, o paciente passou por muitos tratamentos, incluindo duas cirurgias, sessões de quimioterapia e radioterapia, que agora chegam ao fim, assim como as viagens de sete horas, de Santa Cecília, no Meio-Oeste, até a Capital, a cada 21 dias.

Ao lado dos seus super-heróis, os Bombeiros Militares, o pequeno tocou o sino que simboliza a vitória pelo fim do tratamento. O ecoar das badaladas representou a superação, emoção e também esperança para quem ainda segue no tratamento.

“Ele é um milagre de Deus. Não foi fácil esse último ano. Eu vinha para Florianópolis com ele, mas meu medo era de retornar sem meu filho. É uma doença severa, que atinge não somente a criança, mas a família toda. Hoje o dia é de felicidade para a família e para os irmãos dele. Agora vamos começar a viver”, relatou Ivonete, muito emocionada.

“O serviço de oncologia do Hospital Infantil Joana de Gusmão tem 84,7% de sobrevida dos pacientes. É um serviço de referência em Santa Catarina. O sino é uma iniciativa das médicas e das enfermeiras do serviço de oncologia pediátrica do hospital e é batido no término do tratamento e na alta do paciente. O sentimento é de muita emoção e gratidão; é um preenchimento completo do espírito dos profissionais. Observa-se nos olhos de cada profissional a emoção e a sensação do dever cumprido”, destaca Maxiliano de Oliveira, diretor do Hospital Infantil Joana de Gusmão.

A mãe também fez questão de agradecer e destacar todo apoio, carinho e atenção recebido pelos médicos e equipe do hospital, assim como a Casa de Apoio da Vovó Gertrudes, que durante o tratamento serviu como lar para a família: “Serei eternamente grata”. A partir de agora, o pequeno Cláudio Gabriel fará apenas o acompanhamento de saúde.

O tenente do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, Richard Stupp, destacou que Claudio Gabriel é o verdadeiro super-herói, com sua alegria de viver e superar os desafios. “A emoção tomou conta de todos. O sentimento é de gratidão por fazer parte deste momento. Isso nos motiva ainda mais para continuarmos com a nossa missão de proteger as pessoas.”

Saúde Mais Perto de Você inicia campanha de vacinação aos sábados em Tubarão Anterior

Saúde Mais Perto de Você inicia campanha de vacinação aos sábados em Tubarão

Senado aprova projeto que permite laqueadura sem autorização do marido Próximo

Senado aprova projeto que permite laqueadura sem autorização do marido

Deixe seu comentário