logo RCN

Moradores fazem protesto após morte de mulher de 29 anos em acidente em Laguna

Com cartazes e balões brancos, os participantes pediram paz no trânsito

A morte de Yasmin Souza João, de 29 anos, causou revolta aos moradores de Laguna. Ela foi vítima de um acidente de trânsito na noite desta quarta-feira, dia 22, na rodovia SC- A-101-F, na entrada da cidade, quando se envolveu em uma colisão frontal com um veículo. 

O motorista estava embriagado. Diante do fato, motociclistas, condutores de automóveis e familiares da vítima se uniram e promoveram um protesto na noite desta quinta-feira, dia 23. 

Com balões brancos e cartazes, eles pediram paz no trânsito. Por alguns minutos, os participantes se reuniram às margens da rodovia onde ocorreu o acidente para um buzinaço e para pedir providências ao poder público, já que outros acidentes foram registrados recentemente também no trecho de acesso à cidade. Alguns familiares da jovem também marcaram presença no local pedindo providências. 

Yasmin morava no bairro Portinho, e trabalhava em um supermercado atacadista. O acidente ocorreu quando ela retornava de seu intervalo de trabalho. Após a colisão frontal, a motoneta conduzida por Yasmin foi arrastada por mais de 150 metros. Ela morreu no local. Yasmin deixa dois filhos. Seu corpo foi sepultado nesta tarde no cemitério da Glória, em Laguna.

O motorista de 61 anos, que conduzia o veículo Fiat/Idea foi preso em flagrante ontem, dia 22, por uma agente civil que retornava do seu expediente de trabalho.

A policial, com a ajuda de algumas testemunhas, localizou o condutor do automóvel, que apresentava visíveis sinais de embriaguez e tentava fugir do local.

A agente de polícia deu voz de prisão ao autor dos fatos e o conteve até a chegada da polícia militar e da polícia rodoviária estadual, que se encarregaram de apresentar a ocorrência na Central Regionalizada de Plantão Policial, onde o Delegado de Plantão lavrou o auto de prisão em flagrante pelo art. 302, §3º, do Código de Transito Brasileiro (praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor estando sob a influência de álcool).

O autor dos fatos permaneceu preso e foi encaminhado a Unidade Prisional de Laguna, onde aguardava a audiência de custódia. Segundo o portal Agora Laguna, o motorista ganhou liberdade provisória, sem fixação de fiança. Ele passou por uma audiência de custódia e deverá cumprir condicionantes como não frequentar mais bares. Além disso, teve o direito de dirigir suspenso. O grupo que protestou nesta quinta-feira, organiza um novo protesto para segunda-feira, dia 27, de maneira mais ampla e com foco em fazer uma manifestação que inicie na rodovia e termine na Câmara de Vereadores.

Veja o vídeo:


Incêndio atinge sala comercial no centro de Sangão Anterior

Incêndio atinge sala comercial no centro de Sangão

Polícia flagra homens com mais de 40 pedras de crack, cocaína e maconha em Tubarão Próximo

Polícia flagra homens com mais de 40 pedras de crack, cocaína e maconha em Tubarão

Deixe seu comentário