Domingo, 21 de julho de 2024
Tubarão
23 °C
10 °C
Fechar [x]
Tubarão
23 °C
10 °C
COTIDIANO

Morre o neurocirurgião Marcos Ghizoni aos 78 anos em Tubarão

O médico foi submetido a um procedimento cirúrgico e não resistiu

Tubarão, 09/07/2024 15h45 | Atualizada em 09/07/2024 18h07 | Por: Redação Folha Regional

O neurocirurgião Marcos Flávio Ghizoni morreu nesta terça-feira, dia 9, aos 78 anos. Ele estava internado desde semana passada no Hospital Unimed e nesta terça-feira, por volta de 14h, não resistiu a uma cirurgia, vitimado por um câncer de intestino.

Para o presidente da Unimed, Nei Bianchini, Dr. Marcos Ghizoni sempre foi um ser humano fantástico que dedicou sua vida inteira à medicina. “Ele sempre tratava a todos os seus pacientes da mesma maneira, independente de qual fosse a situação”, comenta.

Dr. Nei acentua que Tubarão é hoje uma referência na área da saúde e o trabalho e dedicação do Dr. Marcos foram fundamentais para esta conquista. A morte do neurocirurgião, avalia o presidente da Unimed, é uma perda muito grande para todos da área da saúde, para seus pacientes, amigos e familiares. “Só temos a lamentar esta grande perda para a medicina com seu legado profissional, conhecido em todo o Brasil e no exterior”.
Em nota a Unimed lamentou a morte do Dr. Marcos, que era cooperado da cooperativa. Diz a nota que a “diretoria da Unimed, seus cooperados e colaboradores, expressam profundos sentimentos pela perda. Aos familiares e amigos, expressamos nossas mais sinceras condolências”.

Ghizoni possuía mais de 30 anos de experiência e era conhecido por suas habilidades em cirurgias delicadas. Em uma cirurgia que chamou a atenção em todo o país, o Dr. Ghizoni realizou um procedimento em que o paciente cantou e tocou violão durante as nove horas no centro cirúrgico em 2015.

Dr. Marcos Ghizoni possuía mestrado em Ciência da Saúde pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e atuava como professor titular na mesma instituição. Também, era membro da Fundação Hospitalar Catarinense. 

Reconhecido mundialmente na neurocirurgia, ele também integrava o corpo clínico do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) desde 1979. "A instituição expressa condolências aos familiares e amigos por esta grande perda. Seu profissionalismo e o comprometimento com os colegas e toda a comunidade ficará como legado aos futuros médicos deste país", lamenta o HNSC em nota de pesar.

 

 

Folha Regional

Rua José João Constantino Fernandes, 131, São Clemente - Tubarão/SC - CEP: 88706-091

Folha Regional © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia
WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, entendi!