Segunda-feira, 24 de junho de 2024
Tubarão
19 °C
12 °C
Fechar [x]
Tubarão
19 °C
12 °C

Grupo de trabalho será criado para formalizar ação judicial contra Reserva Extrativista em Laguna 

Moradores e representantes de diversos setores se reuniram com a equipe da prefeitura para debater ações sobre a possibilidade de criação da Resex no Farol de Santa Marta

Laguna, 07/06/2023 18h51 | Atualizada em 08/06/2023 21h44 | Por: Redação Folha Regional

A prefeitura de Laguna realizou nesta quarta-feira, dia 7, uma reunião com representantes de vários setores socioeconômicos, moradores e pescadores da região da Ilha, para debater sobre a possibilidade de criação da Reserva Extrativista Marinha do Cabo de Santa Marta (Resex).

A Resex, prevista para ser criada por decreto federal, através do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), surgiu após comunicado do órgão federal na última semana.

Por esse motivo, várias representações das localidades que formam a região do Farol de Santa Marta solicitaram um debate junto ao governo municipal, devido à desaprovação da criação da reserva e para impedir a criação da mesma.

“Existe uma grande mobilização social contrária a esse decreto e vamos ajudar a comunidade para que isso seja interrompido na justiça. Nosso objetivo agora é, através de um grupo de trabalho, construir um processo jurídico com embasamento legal e técnico comprovando que a reserva pode prejudicar as populações tradicionais”, afirma o prefeito Samir Ahmad.

O secretário de Pesca e Agricultura, Dener Vieira, explicou ao grupo que o processo de criação da reserva extrativista está sendo retomado após 20 anos. “Foi uma solicitação feita por uma organização não-governamental, associação de pescadores e com apoio da Colônia de Pescadores em 2002. Essa pauta foi retomada e está em fase de aprovação por decreto federal. Mas sabemos que a região do Farol não é a mesma 20 anos depois e que esse processo precisa de consulta pública, audiências e estudos técnicos que comprovem a viabilidade. Não temos acesso ao teor integral deste processo, tudo precisa ser estudado novamente”, explicou.

Um ofício com mais de 300 assinaturas foi entregue pela representante da comunidade e dos pescadores, Cida dos Santos, solicitando uma audiência pública, junto à Câmara Municipal, contra a implementação da Resex.

Reunião será realizada na Passagem da Barra no dia 14

Na próxima quarta-feira, dia 14, será realizada uma reunião na Comunidade da Passagem da Barra, com moradores e outros representantes da região com o objetivo de organizar um processo jurídico para impedir a criação da unidade de conservação.

Ao final, o prefeito Samir Ahmad acompanhado da equipe jurídica do município, definiram que o governo reunirá todas as informações necessárias através de um grupo de trabalho, junto com a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/Laguna, para impedir juridicamente que a Resex seja implementada na cidade.
 

Folha Regional

Rua José João Constantino Fernandes, 131, São Clemente - Tubarão/SC - CEP: 88706-091

Folha Regional © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia
WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, entendi!